quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Sinopse



A Máscara do Mal




"Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa

Máscara de um demônio mau, coberta de esmalte dourado

Observo com simpatia

As veias dilatadas da fronte, indicando

Como é cansativo ser mal."


Bertolt Brecht





Nenhum comentário:

Postar um comentário